depositphotos_53692771-stock-photo-hiking-woman-legs-walking-on

É muito provável que você já tenha lido sobre a importância da natureza na vida das crianças. Alguns pediatras estão até “prescrevendo” esse contato com o verde para os pequenos para rebater os males da vida moderna. Realmente, muitos benefícios teremos se seguirmos estas orientações.

E será que para os adolescentes esse contato também faz diferença?

Claro que sim.

As grandes cidades engolem a natureza sem cerimônia. Os edifícios altos bloqueiam nossa vista, não conseguimos mais olhar para o horizonte. A poluição dificulta que contemplemos um céu estrelado. Vivemos cercados por um mundo de empresas em prédios espelhados.

Pois bem, crianças e também adolescentes precisam urgentemente se reconectar com a natureza para que tenham um desenvolvimento físico e emocional saudáveis.

Hoje, quero sugerir algo especialmente para os adolescente. Eles caminham para uma nova fase. Estão prestes a enfrentar os desafios da nova etapa e precisão estar em contato com o Belo para vivenciar os diversos sentimentos que estão por vir.

De acordo com a Antroposofia, dos 7 aos 14 anos, a vida deve ser bela. A criança e o adolescente dessa faixa etária precisam da beleza na sua formação, até o estudo das ciências exatas, como matemática, deveria ser feito de forma artística.

Então, que tal percorrer uma trilha no meio do mato?

Nós aqui em casa adoramos, principalmente quando essa trilha nos leva às alturas…

A trilha nos proporciona caminhar por lugares que não conhecemos, o desconhecido está à frente. Ela possui níveis de dificuldades, encontramos desafios pelo caminho. Dependendo da dificuldade da trilha, achamos que não vamos conseguir enfrentar. Escalamos pedras, pedimos auxílio para quem está ao nosso lado, sentimos medo, percebemos adrenalina no corpo…

Carregamos conosco apenas o necessário e isso basta. Perceber isso é um grande presente.

É possível percebem a força que esta vivência traz para o adolescente, que também anda por um lugar desconhecido. Nessa fase, ele está deixando a infância e caminha para a vida adulta.

No caminho, temos a oportunidade de parar para descansar, olhar e pensar como vamos fazer para prosseguir. Viver um momento de respiro o contato com a gente mesmo.

Andamos, andamos… Andamos com o objetivo de chegar a algum lugar e andamos também para desfrutar do caminho. Caminhar nos ajuda a organizar as ideias. Não é à toa que dizemos: “preciso espairecer, vou dar uma volta para organizar as ideias.” Realmente a caminhada nos proporciona isso.

Depois de tantas dificuldades, desafios, cansaço chegamos ao nosso destino. Conquistamos o nosso objetivo. Geralmente é um lugar deslumbrante!

Uma vista incrível que reforça a importância de termos feito todo o caminho todo para chegar e desfrutar de tudo isso. A sensação da conquista toma conta de todo o ser, aquele lugar ganha um valor especial para todos.

Claro que essa experiência também pode ser vivida pelas crianças menores. Os pequenos terão de se encher de coragem para os desafios.

Uma trilha no mato é uma metáfora para a vida. Gostaria realmente que você sentisse o que ela pode trazer para o seu dia a dia!