educar-a-criana-em-valores-a-gratido_a

Esta época do ano faz com que as pessoas fiquem mais reflexivas, pensem em como foi o ano. Na TV, vemos as retrospectivas e ouvimos muitas vezes:

– Tomara que o próximo ano seja melhor do que este!

A tendência é olhar apenas para o lado ruim do que vivemos.

Aqui, refleti sobre o meu ano, os momentos difíceis e sobre o exercício que foi buscar força e sabedoria para enfrentar o que vivi e agora vejo como esses momentos me ensinaram e me fizeram crescer.

Também parei pra pensar sobre os encontros especiais que tive, no presente que foi pra mim ter criado este blog, o quanto meu coração transborda de gratidão ao lembrar do meu trabalho, da minha família, das oportunidades, dos meus amigos. Aqui, fazendo toda essa retrospectiva interior, achei importante falar sobre o quão importante é permear a vida dos pequenos com esse lindo sentimento que é a Gratidão!

A gratidão é algo mágico, tanto é que dissemos que o “obrigado” faz parte das palavrinhas mágicas que as crianças aprendem desde pequenas.

A gratidão faz com que as coisas se tornam mais leves, possibilita que olhemos para situações difíceis e as transformemos.

As crianças já trazem dentro de si naturalmente a gratidão que vai além da palavra obrigado. Elas se deliciam ao beber um simples copo d’agua, tem admiração e devoção ao ver algo da natureza ou ao conhecer algo novo. Isso é gratidão e não precisa ser expresso em palavras.

Mesmo assim, com o passar do tempo é importante ajudá-las a manter esse sentimento. Mas como? Você pode se perguntar.

Contar para as crianças de onde vem as coisas que elas usam é uma forma. Veja o lindo o texto que encontrei no O Livro da Gratidão, de Luciana Betti. “Tudo que está no seu lado tem um segredo guardado, uma história pra contar de um passado bem bonito. Quem olhar com gratidão e atenção juntar a isso, verá que tudo veio de longe para estar a seu serviço. Você já pensou que a cama na qual você dorme já foi uma grande árvore? Que ela já viu ninho de passarinho, já viu as estrelas à noite, já deu flor, já deu sementes e se sacudiu nas tempestades? Obrigada árvore, por me ter em seus braços e por me contar, nos meus sonhos, sobre as estrelas e as florestas.”

 Agradecer antes das refeições é outro jeito. Se sentir grato à terra que nos deu os alimentos, ao sol que ajudou na produção deles, aos frutos que as árvores nos deram… Nas escolas, existem músicas para esses momentos. Peça para o(a) seu filho(a), provavelmente ele conhece uma. Caso não conheça, é uma boa oportunidade para você introduzir isso na rotina da casa.

O gesto de agradecer pelo dia antes de dormir também é importante e nesse momento gostaria de deixar aqui uma dica valiosa. Construa com seu filho uma caixinha da gratidão, decore-a… E todos os dias, durante o ritual do sono, faça o momento do agradecimento. Peça para que a criança escreva em um papel ou desenhe algo que tenha a agradecer do dia que passou! Nós, pais, também somos convidados a participar do exercício.  É algo muito legal. Depois de um tempo, quando abrirem essa caixinha, verão quantos motivos terão a agradecer, quantos presentes recebemos da vida e assim ensinamos às crianças olhar nessa direção. Isso vai trazer uma sensação maravilhosa de segurança e acolhimento pela vida.